nepUL Seminar: 13 december 2017

December 13, 2017

António Pedro Mesquita

Centro de Filosofia, ULisboa

PENSAMENTO ANTIDEMOCRÁTICO EM PORTUGAL NOS SÉCULOS XIX E XX

O meu objectivo com esta comunicação consiste em identificar as principais linhas de força comuns às diversas correntes antidemocráticas em Portugal nos séculos XIX e XX.

Para o fazer, começarei por propor uma definição de democracia e discutir as respectivas vantagens, de modo a determinar as condições para que uma determinada corrente político-ideológica possa ser justificadamente descrita como antidemocrática.

Depois, apresentarei as diversas correntes político-ideológicas, que, durante o período temporal que vai da revolução francesa de 1789 à revolução democrática portuguesa de 1974, satisfazem, em Portugal, tais condições.

Finalmente, enunciarei aqueles que, de entre os principais aspectos doutrinários comuns a todas essas correntes, me parecem ser os fundantes dos demais, expondo-os, comentando-os e ilustrando-os com textos de diversos autores.